Intercâmbio de Comportamentos na TCC para Casais

Além de usar o intercâmbio para aumentar as interações positivas do casal, o terapeuta da TCCC – terapia cognitiva comportamental com casal – deve considerar o intercâmbio de comportamentos como uma ferramenta diagnóstica para avaliar possíveis áreas que precisem de mais trabalho de aceitação.

Os três passos básicos do intercâmbio de comportamentos são:

  1. Identificar comportamentos que cada parceiro poderia ter com o outro, que aumentassem a satisfação no relacionamento;
  2. Aumentar a frequência desses comportamentos no repertório comportamental diário do casal;
  3. Compreender a experiência de oferecer e receber comportamentos positivos.

Os parceiros costumam receber a tarefa de casa de listar as ações que possam fazer para o outro, para aumentar sua satisfação no relacionamento. Eles são instruídos a não discutir essas listas com o outro, para reduzir a ameaça de crítica e manter cada um concentrado em sua própria tarefa. Na sessão seguinte, as listas dos parceiros são revisadas e discutidas.

Sua próxima tarefa pode ser realizar uma ou mais ações da lista na semana seguinte, mas eles não devem dizer ao parceiro qual ação é essa. Na seguinte sessão, os parceiros revisam o sucesso de sua tarefa e se ela teve o efeito desejado sobre o outro. A lista pode ser modificada para eliminar os itens que não pareçam ter efeito e em sessões posteriores cada um pode pedir feedback do outro para otimizar os benefícios das ações na lista.

A Psicologia Rio realiza tratamento para os problemas do casal fazendo uso dessa técnica e de outras para ajudá-lo (a) a desenvolver um relacionamento mais satisfatório com o parceiro (a). Se você pensa que não está conseguindo avançar no relacionamento ou os progressos estão insatisfatórios, AGENDE UMA CONSULTA com um terapeuta especialista agora para fazer uma avaliação.