Tratamento do Transtorno da Excitação Feminina | Tratamento do Transtorno da Excitação Feminina RJ

Tratamento do Transtorno da Excitação Sexual Feminina no Rio de Janeiro, que é definido pelo DSM-IV-TR como uma incapacidade persistente ou recorrente de adquirir ou manter lubrificação e turgescência adequadas até a consumação da atividade sexual. As mulheres com esse transtorno podem ter pouca ou nenhuma sensação subjetiva de excitação. Pesquisas já mostraram que 20% das mulheres entre 18 e 59 anos têm dificuldades de ficar fisiologicamente excitadas durante a atividade sexual.

O transtorno as excitação sexual feminina é comumente associado à menopausa e ao diabete. O diabete também contribui para reduzir as sensações genitais nas mulheres e aumentar as infecções vaginais. As mulheres dificilmente buscam ajuda profissional para as dificuldades de se excitar, pois conseguem resolver o problema com um lubrificante. Sem algum tipo de intervenção, o transtorno da excitação sexual feminina pode resultar em intercurso doloroso, evitação da atividade sexual e problemas de relacionamento.